top of page

Exames de proficiência: mitos e verdades

O que é exame de proficiência?

O exame de proficiência é um teste que avalia sua habilidade de comunicação em um determinado idioma. 

Eles vão medir seu nível de destreza em uma língua estrangeira na forma escrita, falada, na audição e na leitura. 

Na maioria das vezes, o certificado de proficiência é obrigatório para ingressar em diversas instituições de ensino ou empresas de fora do país e, portanto, são avaliações importantes para quem deseja ter uma experiência no exterior. 

O TOEFL (TEST OF ENGLISH AS A FOREIGN LANGUAGE) e o IELTS (INTERNATIONAL ENGLISH LANGUAGE TESTING SYSTEM) são dois exames de proficiência em inglês bem conhecidos no Brasil.

9 principais mitos e verdades sobre exames de proficiência:

O exame de proficiência já parece assustador só pelo nome e ainda existem mitos que desestimulam quem deseja fazer o teste. 

No entanto, se é o seu sonho estudar ou trabalhar no exterior, saiba que as avaliações são completamente possíveis de serem feitas com sucesso, e nós vamos provar isso!

Veja os maiores mitos e verdades sobre exames de proficiência:

#1 Precisa ser fluente no idioma: MITO

Os testes servem para medir seu nível no idioma. Portanto, eles não aprovam ou reprovam ninguém mesmo que você seja iniciante ou avançado, pois, o que determina mesmo a nota mínima que você pode obter é a universidade, país ou a empresa que você quer entrar. 

Por exemplo: a Bowling Green State University pede 71 pontos enquanto a Universidade de São Francisco solicita 65 no TOEFL. Então, você pode fazer a prova mesmo sem ser fluente (mas o ideal é que você possua um conhecimento coerente com a pontuação desejada). 

Por isso, primeiro é importante escolher a instituição que você quer entrar e descobrir a pontuação mínima exigida para assim se preparar melhor para a prova.

#2 Não é só saber o idioma: VERDADE

Já aconteceu de você saber bem um assunto, mas mesmo assim se sair mal em uma avaliação?

Então, com a avaliação de proficiência é a mesma coisa: o conhecimento do idioma é essencial, claro. Contudo, tão importante quanto ele é a sua preparação. 

#3 O preço de um exame de proficiência é muito alto: DEPENDE

Esse aspecto não tem como afirmar se é mito ou verdade porque é muito pessoal para cada pessoa.

No entanto, na hora de avaliar se o teste é caro ou não, vale a pena pensar um pouco na questão do custo-benefício. 

Obter uma certificação internacional pode abrir portas que você nunca imaginou antes porque não só agrega bastante em seu currículo, como também aumenta suas possibilidades de estudar em dezenas de instituições do planeta ou até mesmo trabalhar em diversos países. 

Então, lembre-se de colocar esses pontos na balança!

#4 É um diferencial no currículo: VERDADE

Atualmente, o inglês é o idioma mais falado do mundo, o que o torna mais exigido no currículo.

Todavia, somente 5% dos brasileiros falam a língua inglesa e apenas 1% desses são fluentes, segundo o levantamento do British Council e do Instituto de Pesquisa Data Popular. 

Portanto, não apenas saber o idioma, como também ter um certificado internacional em inglês é um grande diferencial no Brasil, sobretudo em multinacionais. 

Estamos falando do inglês porque é a língua mais comum, mas qualquer uma já incrementa algo a mais em seu currículo. 

Por fim, saiba que esse documento lhe confere mais autoridade e credibilidade no mercado de trabalho.

#5 As provas são difíceis: MITO

Como falamos, um exame de proficiência em língua estrangeira é como qualquer outro: precisa de conhecimento e preparação. 

Desse modo, se você chegar preparado para a prova, você tem uma grande possibilidade de alcançar uma boa nota e ter a experiência internacional dos seus sonhos.

#6 Não precisa saber as peculiaridades de cada língua: VERDADE

Uma dúvida comum em quem quer fazer um teste de proficiência na língua inglesa é: PRECISO DOMINAR INGLÊS BRITÂNICO E AMERICANO?

E a resposta é: não. Você precisa saber o idioma, mas as peculiaridades não são obrigatórias. 

Cada língua sofre diferentes variações devido à cultura. Por exemplo, se você observar o português brasileiro e o português de Portugal, vai notar uma grande diferença, mas não deixa de ser a língua portuguesa.

No caso do inglês, mais de 50 países o tem como idioma oficial, imagine aprender cada um deles?

Por isso, basta que você domine bem a língua (SOBRETUDO A PARTE DA GRAMÁTICA) e saiba se comunicar com clareza que você consegue realizar um excelente exame. 

Ademais, se você aproveitar aquelas dicas de assistir filmes no idioma e conversar com nativos, já vai conseguir absorver um pouco do estilo de comunicação.  

#7 Garante entrar em qualquer país : MITO

FIZ O TOEFL E OBTIVE UMA BOA PONTUAÇÃO. POSSO ENTRAR EM QUALQUER PAÍS DE LÍNGUA INGLESA?

Infelizmente, não. 

Assim como as instituições de ensino, cada país possui seus requisitos e o recomendado mesmo é você pesquisar os de seu destino. 

Para descobrir, você pode entrar nos sites do governo do país e também assistir vídeos ou procurar pessoas com a mesma experiência internacional que você deseja. 

Lembre-se de pesquisar o melhor teste e também a pontuação mínima exigida no exame para se preparar melhor. 

#8 Estar em um curso do idioma é obrigatório: MITO

Existem dezenas de formas de aprender uma língua e fazer um curso é apenas um caminho. 

Atualmente, ainda temos acesso a um conhecimento infinito pela internet que permite aprendermos qualquer idioma. 

Logo, fazer um curso de língua estrangeira não é obrigatório — basta dominar bem a comunicação e realizar um bom teste. 

#9 Você pode ingressar em diversas faculdades pelo mundo: VERDADE

Já pensou estudar o curso dos seus sonhos nos Estados Unidos, Nova Zelândia ou Irlanda?

Um certificado de proficiência internacional como o IELTS não garante entrar em qualquer faculdade do mundo, mas, em pelo menos 10.000, sim!

Os exames de proficiência podem te levar para diversos cantos do mundo e criar experiências inesquecíveis!

Fonte: www.unit.br

bottom of page